Por Leonardo Matos

Márcio Antônio Esteves Cabral ou apenas Márcio Cabral como é conhecido, é natural de Brasília, onde vive até hoje, com 44 anos e 23 anos como fotografo, iniciou sua carreira profissionalmente em 1996. Cursou fotografia e um workshop com Marc Adamus nos Estados Unidos (Marc é famoso por suas fotos de landscape, panorâmicas e natureza). Formou-se em geografia o que despertou ainda mais sua paixão por fotos de paisagens e diversos ecossistemas.

Em 2007, lecionou pós-graduação em fotografia de natureza na Universidade de Fotografia – UPIS em Brasília. Foi o primeiro fotografo a desenvolver panoramas 360° subaquáticas em caverna de água de doce (2010) e com cardume de tubarões (2012) sendo recordista mundial em resolução subaquática, eleito pelo Livro dos Recordes. Em 2014 publicou um extenso artigo sobre fotografia subaquática para a revista PhotoWorld, a maior revista em fotografia de China.


Ao longo de sua carreira Márcio conquistou mais de 100 prêmios, sendo atualmente o fotografo brasileiro mais premiado em competições, nacionais e internacionais (Sony, Epson, Memorial Felix, Nature Talks, PX3 Prix, Loupe Awards, Asferico, Big Picture, entre outros.) É membro de duas respeitáveis associações internacionais, a IVRPA (Internacional Virtual Reality Photography Association) e a IAPP (Internacional Association of Panoramic Photographers). Participou de diversas exposições individuais no Brasil e exposições coletivas na Alemanha, Chile, Rússia, Eslovênia, Austrália, e Estados Unidos

Começou seus clicks com uma Nikon N90s analógica, que ele classifica com uma das melhores no mercado na época, atualmente usa uma Canon 5dsr e Sony A7R2, adquiridas em 2015, geralmente faz seus upgrade de quatro em quatro anos, perguntado sobre o porquê, ele responde: “A indústria está em transição para o sistema Mirror Less, assim não seria interessante investir em novos corpos e lentes DSLR agora. Devo esperar o próximo lançamento do sistema R da Canon de alta resolução e fazer a migração das lentes, assim pretendo trocar meu equipamento até o ano que vem.”


Atualmente vende impressões em fine art e imagens em 360° para hotelaria e comercio em geral. Muitas imagens e panoramas também estão em bancos de imagens como o Getty Images, também trabalha com algumas agencias de imagens na França e Reino Unido e promove workshops e expedições fotográficas.

Seu estilo é basicamente fotografias de landscape que inclui naturezas em geral, panoramas e fotografias subaquáticas. É um estilo de fotografia que depende de certa experiência e uma quantidade de imagens e por isso você tem que gostar muito do que faz.

Eu o escolhi por suas fotos perfeitas de paisagens ímpar, viagens e feitos para a fotografia, também admiro muito paisagens, natureza, pôr-do-sol, vida animal e etc. Além dos prêmios conquistados, admiro a bravura de descobrir novos lugares e ter as fotos divulgadas ou compradas por outras pessoas e empresas.