Por Quitéria Ataíde

No dia 21 de fevereiro, quinta-feira, aconteceu no teatro da Esamc Santos a aula magna de comunicação com a convidada Arminda Augusto. Jornalista por formação, é editora-chefe há 5 anos do jornal A Tribuna, Expresso popular e AT Revista. O objetivo da aula magna é trazer um profissional atuante na área de formação, para falar a respeito da realidade no mercado de trabalho. "O mercado de trabalho está ruim, mas sempre tem espaço para os bons profissionais", disse Arminda.

Entre exemplos práticos de como chegou ao cargo de chefia, Arminda revelou que começou trabalhando na editoria de meio ambiente, área com a qual não se identificava, pois não tinha domínio, mas aceitou o desafio e se empenhou. Criou uma rede de contatos e descobriu que o bom profissional deve fazer além do que gosta, e conhecer um pouco de tudo. “Cada vez mais o mercado está buscando um profissional multiplataforma.” completou.

"Vá atrás daquilo que não foi dito, do bastidor, leiam opiniões contrárias, pessoas que não pensam como vocês. Escrevam sobre qualquer coisa, leiam bastante, mas uma coisa que é preciso ter são valores. Eu vou morrer com meus valores”, aconselhou Arminda.

Entre as pausas, ela se perguntava sobre o que mais poderia falar? Decidiu então nos contar que, recentemente, contratou dez estagiários, mas apenas um dos contratados tem se destacado por fazer além do que lhe foi proposto. Sua contratação foi para uma editoria, mas ao notar um projeto em desenvolvimento, se ofereceu para trabalhar aos finais de semana como mão-de-obra colaborativa. O resultado foi ele se sobressair entre os demais.

Rafaela de Oliveira, 21 anos, estudante do 7º semestre de jornalismo, nos disse que conhecia Arminda de uma visita em turma feita ao Jornal A Tribuna. Sobre a palestra, Rafaela concluiu: “Hoje, ao revê-la contando a fundo sobre a área, me faz ter ainda mais vontade de persistir.”