logo-black-aes-2020

por Matheus Rodrigues Leite

O mercado de trabalho no Brasil está cada vez mais complexo, priorizando os candidatos polivalentes e multitarefas. É por isso que um currículo bem feito, que capte qualidades e valorize o preparo profissional, seja o primeiro passo para um futuro de sucesso.

A gestora de pessoas com ênfase em recrutamento e seleção, Gisele Bamondes, destacou na palestra da Semana da Comunicação, realizada na última quinta-feira, dia 14, o que é (ou não) interessante colocar CV. Em conversa com os participantes, a convidada tirou dúvidas frequentes elencando pontos fortes e fracos a se destacar para um contratante em potencial, afinal, a grande maioria dos alunos presentes não tem tal experiência.

"Foque no seu trabalho, foca no que você é, venda o seu profissional e esquece essa coisa de 'sou pontual, sou honesta'. Ser perfeccionista não é uma qualidade. Corta isso do seu portfólio de apresentação é foca naquilo que você é melhor", diz a gestora em relação ao quais características colocar na parte mais nobre, a de cima, de um currículo.

Sobre as experiências, Gisele comentou: "É importante você ver se a função (antigo trabalho) é relevante para você, se não, não precisa citar. O ideal é que a gente coloque pelo menos três, as mais recentes."

"Mas se você tem uma quarta ou quinta experiência que você passou que tenham link com atividade que você quer desenvolver agora, bacana, isso vai ser bom", complementou.

A próxima programação da Semana de Comunicação será nesta sexta-feira, dia 15, com a professora Lillian Assumpção, cujo apresentação será sobre como montar diferentes estilos de podcasts.

Mais informações, acesse o site https://www.esamc.br/unidade/Santos/-/eventos/.

Textos - Reportagens Shift
Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account